quinta-feira, 9 de julho de 2015

Internautas estão compartilhando fotos de suas tatuagens de “ponto e vírgula”; entenda o motivo


Por Tatiane Rosset, para Veja SP

As fotos com tatuagens minimalistas de “ponto e vírgula” parecem ser só mais uma moda hipster: mas, na verdade, os desenhos significam muito mais do que uma simples modinha passageira das redes sociais. Conheça o Project Semicolon (“Projeto Ponto e Vírgula”, em português): ele é dedicado a dar suporte para quem luta contra a depressão, tendências suicidas, vícios, ansiedade e pensamentos depreciativos. A intenção: quebrar estigmas ligados a doenças relacionadas à saúde mental.

De acordo com o site do movimento, um “ponto e vírgula é usando quando um autor poderia ter escolhido terminar a sua frase, mas escolheu continuá-la. O autor é você, e a frase é a sua vida”. O projeto começou em 2013, quando a fundadora Amy Bleuel fez sua tatuagem como tributo ao seu pai, que cometeu suicídio.

Recentemente, a campanha ganhou grande destaque nas redes sociais — diversas pessoas estão compartilhando suas tatuagens e outras, que ainda não tatuaram o desenho, estão fazendo ponto e vírgulas com canetas para mostrar o apoio à causa.


Eu, claro, já aderi à campanha :) <3

7 comentários:

  1. Tenho 18 anos, ansiedade generalizada, síndrome do pânico e agorafobia. Faço tratamento psiquiátrico, mas os remédios não fazem efeito, apenas o calmante rivotril 0,25. Faz 6 meses que não consigo sair de casa por medo, agora eu consegui entrar em um cursinho de graça e vou ter que ficar 1h dentro de um ônibus todos os dias, tenho medo de não conseguir ir, mas preciso pq é pra realização de um sonho. Ninguém entende o que eu to passando, apesar de todas as "provas" que dei. Estou precisando de ajuda, pq ta difícil lidar com isso sozinha :/ não consigo nem ir numa padaria ali do lado, como se fosse um dia normal, preciso me preparar psicologicamente dias antes, para sair pra algum lugar, e claro tomar um calmante antes de sair. Sei que não é diretamente relacionado com o texto, mas foi um desabafo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada pela sua mensagem. Você não disse se está tendo acompanhamento psicológico. Na minha opinião, a psicoterapia é fundamental no nosso tratamento, aliada à medicação. Infelizmente, os benefícios desse tratamento demoram um pouco a acontecer efetivamente, mas eles virão, tenha certeza. Já passei pelo o que você está passando, tinha medo de tudo, de sair de casa, de ficar em casa, perdi muitas oportunidades na vida. Mas desde que admiti meu problema e passei a levá-lo a sério, a tratar dele como deveria, nunca mais sofri com crises, nem deixei de fazer mais nada por causa do medo. Você é muito jovem, tem uma vida linda e produtiva pela frente. Um grande abraço, paz, saúde e coragem. <3

      Excluir
    2. Obrigada :P Eu comecei a fazer TCC há uns 2 meses atrás, mas eu fazia pelo plano de saude, ai depois de 6 sessões eu ía ter que começar a pagar 80$, e como era uma vez por semana, ía ficar caro pros meus pais,. Mas vou tentar em alguma faculdade, pra ver se fica mais barato. E parabéns pelo seu blog, está ajudando muitas pessoas XD

      Excluir
    3. Obrigada, tente sim! Eu também estou esperando por uma vaga numa faculdade aqui do Rio. Quero ver de pertinho como funciona, depois conto minha experiência pra vocês. Boa sorte!

      Excluir
  2. Estou passando por tudo isso. O médico me passou medicação, mas estou tendo muitos efeitos colaterais, inclusive até piorei.E normal esses sintomas no início do tratamento? Vou voltar a ser como era antes? Uma pessoa alegre e feliz? Por favor me ajudem!

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário no Sem Transtorno! Não deixe de curtir a nossa página no facebook.com/semtranstorno.