terça-feira, 20 de outubro de 2009

Sintomas do Pânico


Olá! Conforme prometido, vamos abordar os sintomas de uma crise de pânico descritos no livro do Fernando Mineiro. Vou destacar em negrito os que eu senti.

Sintomas clássicos:
  1. Calafrios

  2. Confusão mental

  3. Despersonalização (eu sentia um vazio, uma sensação muito estranha de que eu podia perder a minha identidade)

  4. Desconforto abdominal (senti uma vez, muito forte)

  5. Distorção da realidade (acho que o pânico já é uma distorção da realidade)

  6. Dor ou desconforto no peito (sim, parece que você está infartando!)

  7. Falta de ar

  8. Fechamento da garganta (e a boca fica seca, e você mal consegue engolir a saliva)

  9. Formigamento (principalmente no braço esquerdo e na ponta dos dedos da mão esquerda)

  10. Medo de morrer (MUITO!!!)

  11. Medo de enlouquecer ou de cometer ato descontrolado

  12. Náuseas

  13. Ondas de calor (na primeira crise eu senti)

  14. Palidez (e a boca fica roxa)

  15. Palpitações ou taquicardia (principal sintoma, no meu caso)

  16. Sudorese

  17. Vertigem ou sensação de desmaio

Outros sintomas:

  1. Sobressalto ao acordar

  2. Atordoamento (total)

  3. Boca seca (parece que eu não bebo água há uma semana)

  4. Cabeça pesada

  5. Contrações musculares (Como se fossem espasmos? Sim. Na sombrancelha, nos dedos das mãos...)

  6. Extra-sístoles (isso eu vou explicar num outro post, mas eu sinto sim)

  7. Flatulência (formação de gases) (haja Luftal! rss)

  8. Intestino solto

  9. Irritabilidade (associada à introspecção)

  10. Metabolismo acelerado (já cheguei a perder 8 kg num período de ansiedade e depressão)

  11. Pés e mãos gelados

  12. Rubor facial

  13. Sede constante

  14. Urinar com frequencia

  15. Zumbido no ouvido (me disseram que também pode ser labirintite)
Queria saber qual é o sintoma mais frequente entre vocês. E qual deles incomoda mais?
Fiquem bem, cuidem-se.
E paz para o Rio de Janeiro!

39 comentários:

  1. Poxa, me lembro daquela vez que fui no meio da noite pra sua casa... vc ainda nao sabia o que era, eu acho. mas estava totalmente desorientada e me deixou assustada.

    ResponderExcluir
  2. Ja passei pela fase de achar que estava com uma doença fisica muito grave, mas fiz um milhao de exames e nenhum deu nada... Agora estou na parte de achar que estou ficando louca, como nao tem exame nenhum pra isso, ta demorando pra passar, apesar de eu estar fazendo acompanhamento com psiquiatra, mas essa pra mim ta sendo mais dificil, apesar de meu medico dizer que a falta de sintomas fisicos ja é uma grande melhora, mas pra mim nao ha nada pior que vc pensar que pode perder o controle e fazer um monte de besteira. Queria saber se isso é comum no panico?

    ResponderExcluir
  3. Aichego (minha amiga): sim, eu já sabia do que se tratava, eu tenho isso desde meus 21 anos. Mas sempre que rola uma crise, é assustador, como se fosse a primeira vez. Graças a Deus (e a muito esforço pessoal tb!) essas crises são raríssimas. Bom, mas obrigada mais uma vez por ir me socorrer naquela madrugada... :)

    Querida acima, é realmente muito comum no TP acharmos que estamos enlouquecendo, perdendo o controle de nós mesmos... é uma sensação muito ruim, mas não desista do seu tratamento, acredite no seu médico. Isso passa, pode acreditar. Muitas vezes não é rápido, pode demorar um pouco, e até muito, a passar totalmente. Mas com o tempo as crises vão diminuindo, ficando mais amenas e essa sensação tb vai ficar para trás! Obrigada por deixar seu comentário, espero ter te ajudado de alguma forma. Volte sempre!

    ResponderExcluir
  4. De todos os sintomas o que mais me incomoda é a despersonalização e a distorção da realidade. Hoje, no meu terceiro ano de tratamento com clomipramina, o que restou de sintomas foram: sobressalto ao acordar, muita sede e vertigem. no mais tõ de boa, é só eu não fumar maconha...

    saúde a todos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Léo, vi o comentário que vc deixou no post sobre maconha e realmente esse tipo de reação é bastante comum. E essa sensação de despersonalização é terrível, né? Era um dos sintomas que eu mais temia tb! Força pra vc, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  6. Estou começando a ter crises cada vez piores. Um dia pensei que fosse morrer mesmo, meu coração disparou, fiquei sem ar, pressão baixa que fiquei sem cor, só me lembro de sair do carro com a ajuda do meu noivo e ir engatinhando até o elevador, e ser arrastada até a cama.

    O choro não para, o medo da morte, se achar solitário em todos os momentos, ter tonturas, vômito, gastrite então, socorro parecia que iria abrir um buraco no estômago de tanta dor.

    Estou passando por isso agora, são dias intermináveis, fico olhando o relógio contando os minutos para ir para minha casa e ficar no meu quarto, de preferência quieta e sozinha.

    ResponderExcluir
  7. Após meu primeiro mês tomando os medicamento certinhos para ajudar meu tratamento, estou começando a me sentir dependente deles, as vezes fico com medo de sair sem minha bolsa pois sei que lá dentro estão meus remédios, parece na minha cabeça que se eu não estiver com eles perto de mim, posso ter uma crise e passar muito mal a qualquer momento.
    Estou levando minha vida, tentando me controlar agora com essa "dependência" psicológica com os remédios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é "normal" no nosso caso é necessário um tratamento psicológico junto com os medicamentos, eu fiquei curado e não tomo o medicamento a pelo menos 1 ano mesmo assim demorei uns 7 meses para parar de carrega-lo comigo, você confia no medicamento pois ele é seu porto seguro na hora da crise quando você começar a ter crises tenha calma olhe para a natureza tente se controlar sem os medicamentos vá regar uma planta não existe nenhum tratamento melhor que esse. A melhor terapia é contemplar a natureza e conversar com Deus isso vai te ajudar muito aprenda a viver sem o remédio pois ele pode combater os sintomas mais não vai te curar. Coloque em sua mente que vc não deve depender disso tente se concentrar e assim você ficará curada a cura está dentro de você.

      Excluir
  8. Olá!!!
    Tenho só 13 anos, mas já sofri com 4 crises de pânico... =/ Não sei se é estresse, ou algo neurológico, mas só sei que fiquei com muito medo nas quatro... Na primeira, passei mal na Educação Física do colégio, e as outras três foram em casa, Graças a Deus!!!Meus pais e minha irmã ficam muito assustados, sem saber o que fazer, não sabem se tentam me acalmar, ou se chamam um médico.
    E eu só rezo pra passar rápido...
    É muito ruim passar por essas crises, e cada vez só pioram... Graças ao seu blog, consigui ver que não sou só eu que sofro! Obrigada, você me ajudou muito, na próxima crise, vou conseguir relaxar mais!!! Muito obrigada!!!

    ResponderExcluir
  9. Sinto isso tbm .. gente ..
    inclusive a vista escurece, parece que estão apertando minha cabeça, meus olhos e sinto a sensação de desmaio e a falta de ar é o pior pra mim ... nossa tenho passado momentos terríveis .. só Deus ...

    ResponderExcluir
  10. Sinto tonteira, palpitaçao, taquicardia, umas pontadas no peito, e as vezes uma pressao na cabeça.Tenho TP ha mais ou menos 6 meses. Mas força pessoal!!! Vamos vencer essas crises!!!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. [url=http://grou.ps/reductil] Buy reductil online
    http://grou.ps/reductil
    Buy reductil online

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  19. Thanks for taking the time to write that. I found it very interesting. If you get a chance you should visit my blog as well. I hope you have a great day!

    ResponderExcluir
  20. Tenho 28 e este ano para mim temsido o caos, perdi o emprego, acabei o namoro e os meus pais separaram-se,e neste mumento tento dar moral ao meu pai porque antes da separaçao teve e ainda tem depressao cronica e de um momento para o outro comecei a sentir a maior parte destes sintomas logo sem saber o que era tudo me começou a vir a ideia, ate que me dirigi ao medico e ele me receitou um asiolitico para testar e melhorei bastante e ate andei bem. ate que alguns dias atras voltei a sentir os mesmos sintomas e nao sei o que fazer... ajuda por favor

    ResponderExcluir
  21. olá, pq vc não posta mais no seu blog? está tudo bem com vc? vc tem msn? se possível queria me comunicar...

    ResponderExcluir
  22. Gente tenham fé, o TP , tem cura, tenha muita força de vontade, e muita fé em DEUS, façam o tratamnto a risca e terapia, os dois juntos ajuda bastante, e tente descobrir junto com seu médico oq te faz sentir assim... pense nisso, tudo na vida passa, é horrível mesmo, mais tenha força, e não se preocupem com o fato de estarem tomando remédios, vai chegar ao ponto q vc sentirá q não mais necessitará deles, e tudo estará resolvido, boa sorte a todos.

    ResponderExcluir
  23. I love semtranstorno.blogspot.com! Here I always find a lot of helpful information for myself. Thanks you for your work.
    Webmaster of http://loveepicentre.com and http://movieszone.eu
    Best regards

    ResponderExcluir
  24. Pessoal, o importante é procurar ajuda especializada (psiquiatras e psicólogos). O tratamento adequado é essencial, além da nossa força de vontade. Os sintomas são terríveis, só que já sentiu pode dizer, mas tenham certeza de que é uma fase, e passa! Mesmo que tenhamos que tomar remédios pelo resto da vida, não tem problema... várias pessoas tomam por outros motivos. O importante é a gente se sentir bem e ser feliz.

    ResponderExcluir
  25. oooops! Sem querer deletei esse comentário aqui:

    Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem " Oi, pessoal! Depois de um tempão (mais de um ano!...":

    HI, I just joined this community. I m from india. I like this forum.......hope to learn lot of things here ;-)

    Sorry!!!!! Logo uma turista, poxa!?? rss

    ResponderExcluir
  26. Estou passando por esse processo de recuperação comecei ontem o tratamento com medicação e fiz a besteira de tomar Guarana em pó, o que me levou a ter um puta de uma crise de pânico e passei o dia segurando a onda, mas agora to ficando melhor,espero que isso ajude alguém, evite tomar guaraná em pó ela ativa a ansiedade e pode levar ao pânico, mas querem uma dica? Encara o tal do pânico de frente e mete o pé nele. Abraços

    ResponderExcluir
  27. Sem Pânico, em épocas de crise principalmente, é melhor evitar qualquer tipo de estimulante, como café, guaraná em pó... pode causar desconforto mesmo!

    ResponderExcluir
  28. Poxa, tenho 29anos, sexo masculino, td começou com uma palpitaçao nocturna, depois fiz exames, prova de esforço, electrocsrdiograma,ecocardiograma, e acusou prolapso da valvula mitral, como minha pressao arterial andava alta o cardiologista mandou fzr angiotac renal, eco tiroide e td normal...me receitou um beta bloqueador de calcio p normalizar a tensao e disse q eu tinha tensao arterial herditaria...dps disso tive 2crises em q o meu coraçao disparou, fiquei super mal disposto quase vomitando, pensei q fosse morrer :( assustado fui fzr mais exames pagando eu mesmo, ressonancia abdominal, tac cabeça e n acusou nd...de um dia para o outro minha tensao ficou normal, mesmo nos diasq m esquecia de tomar o comprimido p tensao...o cardiologista disse p deixar d tomar a medicaçao...vao 2semanas sem tomar e a tensao tem andado normal...mas agora ando com a palpebra tremendo, ja tive ate gastrite e quando vou p fzr exercicio mal começo a correr paro logo, parece q sinto palpitaçoes e medo claro...sera algo grave ou apenas transtorno de panico?

    ResponderExcluir
  29. Está parecendo ser pânico sim. Não "apenas", porque trata-se de um transtorno que deve ser tratado com seriedade. Portanto, não deixe de buscar ajuda adequada (psiquiátrica, psicológica). Dê notícias! Abs.

    ResponderExcluir
  30. Boa noite. Estou tendo crise todos os dias e cada dia é uma guerra interna que só quem tem sabe como é desesperador. Estou fazendo terapia prla segunda vez. Fiquei uns 2 anoa sem crise, até mês passado, quando voltou e eu n sei como. Sinto meu braço esquerdo formigar e pesar e isso me faz achar que estou infartando, o que só piora o quadro. Meu maior problema é controlar os sintomas fisicos, pois vêm do nada e aí só Jesus.... Muito ruim e n desejo isso nem para o maior inimigo. Força que sairemos desta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Victoria,
      Aconselho você a procurar um médico para juntos pensarem na possibilidade de iniciar um tratamento medicamentoso. Os remédios servem justamente para controlar esses sintomas tão desagradáveis. Com eles controlados, fica mais fácil obter um resultado positivo com a terapia. Você já tentou?
      Abraços, obrigada por escrever. Muita saúde e paz.

      Excluir
  31. Também sofro com pânico... Vista escurece, parece que estou afogando, tontura, desrealização e pra piorar crises de enxaqueca. Luto contra isso todos os dias e não tem sido fácil, pois, minha vida social só se declina...

    ResponderExcluir
  32. s é hereditario não tem ninguém na minha familia com isso. com 32 apareceu
    e acaba com a sua vida......onibus nem pensar,,rua não,,,,mais eu vou.....as vz sim as vz não...para outros é frescura ....pra mim começou quando me trairam.....me senti sozinha,,,,,,sem amigos

    ResponderExcluir
  33. leia fernando mineiro melhora,,,,,,,,,,

    ResponderExcluir
  34. Tenho quase todos esses sintomas sao terriveis...estou na fase da negacao e esta piorando lendo o blog me deu certeza do que tenho e continuar a medicacao correta e tentar fazer terapia

    ResponderExcluir
  35. Olá!
    Sou homem, tenho 27 anos.
    Fiz exames e não acusaram nada, acabei encontrando este blog procurando no Google pelos sintomas que sinto.
    Hoje tive mais uma crise, na crise passada o médico falou que que eu apenas comece algo que passaria.
    É não funcionou...
    Eu com a boca cheia de comida fui rasteijando para a frente de casa, deitei olhando para o céu e tudo foi melhorando rapidamente.

    Também passo por problemas de relacionamento.
    Obrigado!
    Agora que sei qual é o caso irei me tratar olhando mais para as núvens, tomando banho de chuva e adotando umas plantas para não ter aborrecimentos.

    ResponderExcluir
  36. Olá boa tarde

    Me chamo Fernando tenho 25 anos e tudo começou em 2007 quanto tive um acidente na empresa onde trabalhava , tomei o=por acidente um produto corrosivo e desde então minha vida tem sido muito difícil mas sempre levei na boa , porém de 2 anos pra cá piorei muito , muito medo de morrer dor no peito mãos suadas , pressão alta , passei no cardio e foi diagnosticado uma mínima dilatação no seio de valsava e fiquei muito mal com isso tudo que vinha sentindo piorou , parece que a garganta fecha , muita queimação na cabeça parece que algo anda na pele , muito espasmo muscular .

    Bom é isso , sou novo aqui e gostaria de conversar e saber opiniões sobre o assunto

    abraços

    ResponderExcluir
  37. Olá boa tarde

    Me chamo Fernando tenho 25 anos e tudo começou em 2007 quanto tive um acidente na empresa onde trabalhava , tomei o=por acidente um produto corrosivo e desde então minha vida tem sido muito difícil mas sempre levei na boa , porém de 2 anos pra cá piorei muito , muito medo de morrer dor no peito mãos suadas , pressão alta , passei no cardio e foi diagnosticado uma mínima dilatação no seio de valsava e fiquei muito mal com isso tudo que vinha sentindo piorou , parece que a garganta fecha , muita queimação na cabeça parece que algo anda na pele , muito espasmo muscular .

    Bom é isso , sou novo aqui e gostaria de conversar e saber opiniões sobre o assunto

    abraços

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário no Sem Transtorno! Não deixe de curtir a nossa página no facebook.com/semtranstorno.