sábado, 13 de junho de 2009

10 dicas para dormir melhor


10 dicas para dormir melhor


1- Antes de ir para o quarto, é fundamental aplacar as ansiedades do dia-a-dia. Não vá para a cama assim que chegar do trabalho. Primeiro tome um banho morno, procure relaxar, para só então ir se deitar.
2- Desligar a TV e o computador é um método bastante eficaz. A luz desses aparelhos atrasa a produção das substâncias responsáveis pelo aviso de que é hora de dormir.
3- Exercícios físicos devem ser feitos até quatro horas antes de ir dormir, ou o corpo ainda estará agitado. Na cama só vale a atividade sexual que, aliás, é ótima para relaxar.
4- Um chá também ajuda, porém, é preciso escolher as ervas certas. Nada de tomar chá preto ou verde. Infusões de melissa e camomila induzem ao sono e ainda melhoram a sua qualidade.
5- Coma pouco à noite. Faça uma refeição leve, usando, por exemplo, aspargos, palmito, arroz, batata, aveia e soja. Tomar sopas com esses ingredientes é uma excelente pedida, principalmente nas noites mais frias.
6- Aquele bife suculento jamais deve ser comido à noite, porque a proteína que compõe esse alimento ativa o sistema nervoso simpático, responsável, entre outras funções, por deixar seu corpo em estado de alerta, favorecendo, assim, maior descarga de adrenalina.
7- Um ritual interessante é depois do banho morninho, acender uma lâmpada azul e pingar algumas gotas de óleo de lavanda no travesseiro. Essa técnica acalma os pensamentos, relaxa o corpo e induz a um sono melhor.
8- Um copo de leite morno também ajuda a encontrar o caminho para um sono tranqüilo, porque o alimento possui (em concentração não muito grande, é verdade), o triptofano, que é um precursor de serotonina, outro neurotransmissor que está fortemente associado ao relaxamento profundo.
9- Não se engane com aquela relaxadinha gostosa que o álcool oferece, porque, após alguns goles, essa substância pode afrouxar estruturas da região da faringe comprometendo a respiração. O resultado é o insuportável ronco, que prejudica as fases do sono, ou o efeito rebote, que é quando a pessoa acorda várias vezes no meio da noite.
10- Procure dormir, ao menos, sete horas por noite.

Encontrei essas dicas e várias outras bem legais no site "Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar"

Tranquilidade, amor e cura para todos nós!
Seguirei agora o item 2. rss

6 comentários:

  1. Olá, pesquisando pela net sobre otimismo x pânico encontrei seu blog, ando um pouco deprimida pois descobri que estou sofrendo com TP, estou no início do tratamento, mais ainda com poucas esperanças, mais fiquei muito feliz em encontrar pessoas como vc, que vive uma vida normal mesmo sofrendo com essa doença emocional, saiba que vc me deu forças agora...muito obrigada!!!!
    ASS: Prisciliane.

    ResponderExcluir
  2. Olá, pesquisando pela net sobre otimismo x pânico encontrei seu blog, ando um pouco deprimida pois descobri que estou sofrendo com TP, estou no início do tratamento, mais ainda com poucas esperanças, mais fiquei muito feliz em encontrar pessoas como vc, que vive uma vida normal mesmo sofrendo com essa doença emocional, saiba que vc me deu forças agora...muito obrigada!!!!
    ASS: Prisciliane.

    ResponderExcluir
  3. Saiba que seu blog já entrou para minha lista de favoritos!

    ResponderExcluir
  4. Sofro de pânico faz 11 anos e fiquei feliz de encontrar o seu blog e ao mesmo tempo triste, pois vi que a última vez que vc escreveu foi no ano passado. O que aconteceu com vc, piorou ou melhorou e abandonou os panicosos rsrsrsrrsrs

    ResponderExcluir
  5. tambem tenho tp fico muito mal tenho medo de morrer e deixar meus 2 filhos oque mais me encomoda e dor no peito acho ue fou enfartar

    ResponderExcluir
  6. Prisciliane, obrigada por me favoritar, tenho muito carinho e cuidado com esse blog, pena que não consiga atualizá-lo com mais frequencia. Tenha certeza que vai ficar tudo bem!!

    Oi, Maria Elvira, voltei a escrever, viu? Estou bem sim!! Obrigada!!!

    Jucilene, procure ajuda adequada, tenho certeza que vai se sentir melhor. Essa sensação é uma das piores, era a que mais me incomodava tb. Para enfrentar esse problema, temos que persistir e ter muita coragem, apesar de ser um pouco contraditório já que o pânico é o "cúmulo" do medo. Mas posso te garantir que dá pra levar uma vida normal com força de vontade nesse período. Depois vai tudo se ajeitando, acredite!

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar seu comentário no Sem Transtorno! Não deixe de curtir a nossa página no facebook.com/semtranstorno.