sábado, 13 de setembro de 2014

Mensagens dos leitores

O Sem Transtorno tem me proporcionado inúmeras realizações, e muitas delas vêm através do retorno que recebo de leitores do blog e de frequentadores das reuniões do Grupo de Apoio. A partir de hoje compartilharei com vocês algumas das mensagens que recebo dessas pessoas, e que me servem como um delicioso combustível para que eu siga adiante com o meu trabalho!

Como gosto de ver e de mostrar o lado bonito das coisas (pessoas, lugares, situações), vou aproveitar para ilustrar essas mensagens com algo de bacana do lugar em que esta pessoa vive. Nesta estreia, o depoimento de um rapaz do Espírito Santo.


Saúde para todos nós! :)



Olá Karen, 
quero lhe contar um bom momento da minha vida, vivido recentemente, no dia 6 de setembro. 
Bem, no final do ano passado, eu e minha esposa recebemos um convite para sermos padrinhos em um casamento, trata-se de uma amiga desde a infância que eu tenho e que é a minha dentista também. De pronto aceitei o pedido, fiquei feliz, porém em abril as crises de ansiedade (TP e TAG) da vida começaram a me atormentar, desencadeadas por situações estressantes. Pensei em desistir desse casamento pelo menos como padrinho. Eu até disse para a minha amiga o problema que tenho e ela falou que eu ficasse livre para desistir, mas resolvi enfrentar. Eu não podia fazer essa desfeita. 
Confesso que momentos antes do casamento estava com uma ansiedade miserável, até levei um ansiolítico no bolso, que felizmente não tomei. 
Dentro daquela roupa alinhada que estava, ui, tremi um pouco, mas conforme fui entrando na igreja senti que era bobagem estar ansioso. Enfrentei o "perigo" e me dei bem, fui me soltando e tive uma noite maravilhosa. Até dancei na festa e tudo! 
Estou lhe contando isso para lhe agradecer pelo blog, que traz um conteúdo reflexivo e que me faz não desistir de viver. Até breve!!! 
M.A. - Vargem Alta, Espírito Santo

Vargem Alta (ES)
imagens retiradas da internet

2 comentários:

  1. A gente vive esperando que as coisas mudem, que as pessoas mudem, até que um dia a gente muda e percebe que nada mais precisa mudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro esse pensamento. É isso mesmo, a mudança deve começar dentro de nós! :)

      Excluir

Obrigada por deixar seu comentário no Sem Transtorno! Não deixe de curtir a nossa página no facebook.com/semtranstorno.