sábado, 9 de agosto de 2014

Somatização é tema do programa Ligado em Saúde, na segunda-feira (11/8)

Fonte: Canal Saúde/Fiocruz 

Somatizar significa desenvolver uma determinada doença ou sintoma por causa de problemas emocionais. Em outras palavras, pode-se dizer poeticamente que somatização é quando as dores da alma doem no corpo. Mas o que fazer quando sentimentos e emoções dão origem a sintomas físicos?


Este será o tema do programa Ligado em Saúde, do 
Canal Saúde, desta segunda-feira (11/8), às 11 horas. A apresentadora Marcela Morato receberá a psiquiatra Sandra Fortes, professora da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Além das dificuldades enfrentadas por quem sofre com problemas físicos de origem emocional, o programa abordará o despreparo de grande parte dos profissionais da saúde para lidar com queixas que não podem ser confirmadas por exames.

Participação do público


O Ligado em Saúde é um programa de entrevista e serviço sobre temas de saúde, que tem como ponto de partida sugestões de pauta do público. Aborda assuntos relacionados à promoção da saúde, prevenção e esclarecimento sobre doenças. Os temas são divulgados nas redes sociais do 
Canal Saúde e o público pode enviar perguntas antecipadamente. Vai ao ar às segundas e quartas-feiras, de 11 horas às 11h30, sendo gravado geralmente com uma ou duas semanas de antecedência.
Sugestões e perguntas para a produção devem ser enviadas para o e-mail 
ligado@canalsaude.fiocruz.br ou do telefone 0800 701 8122. É possível interagir também por meio de comentários na Fan Page do Ligado em Saúde e do Canal Saúde ou pelo Twitter .

Como assistir


Internet: acesse 
www.canalsaude.fiocruz.br e clique na WEB TV, na página principal. 
Televisão: parabólica digital (freqüência 3690) ou TVs parceiras de veiculação. Consulte a página Como Assistir no site do Canal Saúde. Os conselheiros de saúde em todo o Brasil podem assistir pela Oi TV, canal 910.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário no Sem Transtorno! Não deixe de curtir a nossa página no facebook.com/semtranstorno.